Papel Manteiga


Uma combinação perfeita

Para não ter trabalho na hora de preparar o aperitivo, sirva torradas bem fininhas*, cream cheese e geléia de pimenta.




*Torrada Natural Slim Tost FHOM



Escrito por Naninha às 15h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bolo denso de chocolate

Me lembro bem quando fiz o meu primeiro bolo. Era de chocolate. Mas apesar de ter crescido no forno, o bolo ficou solado depois de assado. Ele estava lá, solado na assadeira. O que teria acontecido? Bem, eu só tinha me esquecido de colocar farinha. Muitos anos depois, descobri que tudo bem, dá para fazer um bolo sem farinha. Foi assim que fiz esta receita. É o tipo de bolo que eu gosto, fez e tá pronto. Este não precisa regar, já sai molhadinho, fica com a textura parecida com a de musse. Tá certo que não é um bolo pá pum, daqueles que se mistura os ingredientes secos aos molhados, mas vale a pena. Como vai chocolate meio amargo na receita e uma xícara de açúcar, o bolo é doce na medida certa.

RECEITA - Bolo denso de chocolate

Ingredientes

8 ovos separados
1 xícara de açúcar
1/4 xícara de cacau em pó
2 colheres chá de essência de baunilha
200g de chocolate meio amargo, derretido.
100g de chocolate branco para decorar.

Modo de preparo
Unte uma assadeira de fundo falso de 20cm de diâmetro, forre com papel manteiga e unte o papel manteiga. Pré-aqueça o forno a 200°C. Derreta o chocolate em banho-maria e reserve. Em um recipiente pequeno, misture as gemas e o açúcar e bata na batedeira até formar um creme denso e claro. Acrescente o chocolate em pó peneirado, a baunilha e o chocolate derretido já resfriado, misture bem. Em outro recipiente, bata as claras em neve até que forme picos. Misutre delicadamente as claras à mistura de chocolate. Coloque na assadeira e asse por cerca de 45 minutos ou até que fique firme. Retire do forno e espere esfriar. Derreta o chocolate branco em banho maria e decore.




Escrito por Naninha às 01h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Crocante de maçã/ Apple Crumble



Receita indicada para fazer a qualquer hora. Antes de começar a fazer o almoço/jantar, você pode fazer a sobremesa, que vai ficar assando durante um bom tempo. Quer levar sobremesa na casa de alguém e não quer ter trabalho no dia? Faça esta apple crumble em casa e esquente quando chegar lá. Neste caso, deixe um pouco menos no forno - 1h - e termine de assar na casa que estiver visitando. Para deixar a casca mais dourada,  usei cuidadosamente o grill do forno, tomando cuidado para não queimar.

Crocante de maçã/ Apple Crumble
Rendimento 4-6 porções

Ingredientes
8 maçãs (usei dois tipos - Fuji e Granny Smith)
90g (1/3 de xícara) de açúcar, e mais um pouco para polvilhar
raspas da casca de 1 limão
120g de manteiga
120g (1 xícara) de farinha de trigo
1 colher de chá de canela

Modo de Preparo
Pré-aqueça o forno a 180°C. Descasque e retire as sementes das maçãs. Corte-as em cubos grandes. Coloque as maçãs, 2 colheres de acúcar e a s raspas da casca de limão em uma assadeira pequena e misture bem. Espalhe as maçãs uniformemente na assadeira e coloque alguns pedaços de manteiga sobre elas. Reserve. Em um recipiente, misture com as pontas dos dedos, a farinha, o restante da manteiga, o restante do açúcar e a canela. A mistura deve ficar parecida com uma farofa. Espalhe esta mistura sobre as maçãs polvilhe com um pouco de açúcar e asse por cerca de 1:30, ou até que a massa fique dourada.



Escrito por Naninha às 15h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mais amendoins

Um dia destes, entrei no site da Amazon e me deparei com esta maquininha. Fiquei intrigada. Será que funcionava? Segundo dois comentários, escritos no próprio site, não.



Procurando saber mais sobre a máquina, encontrei várias receitas de pasta de amendoim, todas muito parecidas. E a conclusão foi que se tiver amendoim torrado e sem sal, óleo vegetal e sal em casa, você já pode fazer a pasta.

Como já tinha farinha de amendoim, que comprei no Empório Roots*, em São Paulo, não sosseguei enquanto não coloquei a mão na massa. Mas, se tiver amendoim inteiro, também fuciona. Todas as receitas que li eram com amendoim inteiro. Como queria fazer pouca quantidade da pasta, usei o mixer.  O resultado, uma pasta de amendoim crocante.



*EMPORIO ROOTS, AV. Mercúrio, 222, São Paulo, SP (mapa)

RECEITA - Pasta de Amendoim

Ingredientes
1 xícara de amendoim natural torrado, sem casca
1 colher de sopa de óleo vegetal (usei óleo de canola)
1/2 colher de chá de sal

Modo de preparo
No copo do mixer, misture todos os ingredientes e bata até obter uma pasta.
 

Origem do peanut butter

A 'manteiga de amendoim' foi inventada e reinventada muitas vezes durante a história. O amendoim já era conhecido em 950 B.C. e teve sua origem na América do Sul. Os antigos Incas usavam amendoins e eram conhecidos por terem-no tornado em pasta. O plantio de amendoim saiu da América do Sul para a África e, em seguida, passou a ser exportado para a Espanha que, em seguida, comercializou o produto nas colônias Americanas. O primeiro plantio comercial de amendoim foi cultivado no Estado da Virgínia, no início dos anos 1840, e na Carolina do Norte, no começo de 1818. 

A manteiga de amendoim foi criada por um médico na cidade de St. Louis, na última década do século 19. Diz-se que este médico estava procurando por uma solução para pessoas de baixa renda que precisavam da proteína da carne mas, por problemas dentários, não conseguiam mastigá-la. Este médico, usou sua própria máquina de moer carne para triturar o amendoim e obter uma pasta. O médico levou sua idéia a George A. Bayle, Jr., que era proprietário de uma empresa de produtos alimentícios. A pasta de amendoim começou a ser embalada e vendida.

Nesta mesma época, Dr. John Kellogg, o médico do Sanatório de Battle Creek em Battle Creek, Michigan, também começou a fazer a pasta de amendoim para seus pacientes. Ele e seu irmão, W.K. Kellogg, patentearam um processo de feitura de pasta de amendoim. A patente foi concedida em 1895, declarando que a pasta de amendoim era "uma substância viscosa e pastosa que, para diferenciar-se de outras seria denominada nut butter." Para produzir a 'manteiga de amendoim', os irmãos Kellogg cozinhavam o amendoim no vapor e, em seguida, o amendoim era triturado. Hoje usa-se amendoim torrado para fazer a pasta. Os irmãos Kellogg, então, passaram a focar na produção de cereal que, hoje em dia, é vendido em todo o mundo com a marca Kellogg. 

Os dados sobre a origem do peanut butter são uma tradução livre de trechos dos sites:
about.com
Peanut-butter.org



Escrito por Naninha às 17h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 




Meu perfil
BRASIL , Sudeste , Mulher , direto da cozinha lá de casa



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, direto do fogão e da adega
Histórico
Outros sites
  101 Cookbooks
  Arabic Bites
  Cafezinho das cinco
  Comidinhas do bem
  Chocolate e Companhia
  Chocolatria
  Chucrute com Salsicha
  Cozinha da Fabi
  Cravo da Índia
  Culinary Concoctions
  Dia de Domingas
  Cream Puffs In Venice
  Diga Sim
  Elise
  Elvira's Bistrot
  Emucillo
  Experiências de Viagem
  Flavia 'n Flavors
  Fun and Food
  Gastronautas Amadores
  Gastronotas
  La Ciliegina Sulla Torta
  La cucinetta
  L'amour dans l'assiette
  La Tartine Gourmande
  Manga com pimenta
  Pannacotta
  Panela de cobre
  Pitadinhas
  Receitas da Filipa
  Receitas Nani
  Tigela de yakissoba
  Tô na cozinha!
  Women Glow
Technorati Profile
Votação
  Dê uma nota para meu blog